» » Dicas de Gramado exclusivas para cariocas e nordestinos

Dicas de Gramado exclusivas para cariocas e nordestinos

postado em: Blog | 5

Dicas de passeios em Gramado e na Serra Gaúcha para quem está acostumado com sol, calor e praia.
Dicas de Gramado exclusivas para cariocas e nordestinos
Dicas de Gramado exclusivas para cariocas e nordestinos

Em meus dias de agência de publicidade, tive o privilégio de trabalhar ao lado de um excelente profissional, o Marcelo Martins, um baiano divertido e com uma mania peculiar: Ele exigia que o ar condicionado ficasse no máximo. Quando dizíamos que, por ser baiano, deveria gostar de calor, ele respondia: “Eu gosto é de frio! Se gostasse de calor, teria ficado na Bahia”.

Pensando nisso escrevi este post direcionado aos leitores cariocas e nordestinos do blog, que tanto têm me alegrado enviando pedidos de dicas e informações sobre Gramado. A ideia é ajudá-los a desfrutar de um clima, paisagens, gastronomia e cultura diferentes do que estão acostumados – já que eles têm à disposição sol, praias e calor quase o ano inteiro. São dois lados de uma mesma ‘moeda turística’, cada qual com suas belezas.

Iniciemos, então, pelo assunto mais comum entre os seres humanos: o clima.




Faz muito frio em Gramado, mesmo?

Frio em Gramado: A melhor temporada para aproveitar é no final de julho e agosto
Frio em Gramado: A melhor temporada para aproveitar é no final de julho e agosto

Dizem que frio é psicológico – eu digo que é questão de gosto. Se você gosta, é aprazível. Se não gosta, pode incomodar. Mas certa vez, caminhando pela Av. Borges de Medeiros com os termômetros marcando 11°C, minha esposa, que ama sol e praia, comentou: “Hoje está calor”. Olhei para ela espantado, mas aí lembrei que no dia anterior havia feito 6°C. Ou seja, você se acostuma.

Se você está habituado a temperaturas de 30 ou 40 graus, poderá sentir mais a diferença térmica do que um paulista, por exemplo, mais acostumado ao frio – mas isso dura pouco.

Além disso, não faz frio em Gramado o ano inteiro. No verão os termômetros chegam fácil a 29°C ou mais. As temperaturas mais amenas e agradáveis são encontradas no início da primavera e do outono. Mas se você quer realmente sentir frio, recomendo visitar Gramado no final de julho ou em agosto, onde o inverno atinge seu ápice.

Para quem busca neve, é bom saber que ela não dá as caras tão fácil, mesmo em dias com temperaturas negativas. A última vez que nevou em Gramado foi em 27 de agosto de 2013. É mais comum nevar em cidades mais altas da Serra Gaúcha ou na Serra Catarinense.

Que roupas devo levar?

As noites em Gramado no inverno são bem frias. Leve roupas mais pesadas como casacos e botas.
As noites em Gramado no inverno são bem frias. Leve roupas mais pesadas como casacos e botas.

Depende da época em que você vai à Gramado. Mas como as noites na cidade são geralmente mais frias (e muito frias no inverno), é bom levar algumas roupas mais pesadas como jaquetas, casacos, botas, luvas e gorros. Chuva e neblina também são bastante comuns, vá preparado.

Mas cuidado para não exagerar. Há relatos de uma turista que caminhava por Gramado vestindo pesado sobretudo, luvas de couro, cachecol e gorro. Até aí tudo bem, se a temperatura não estivesse uns 23°C – isso que é realmente querer sentir frio.

Use o bom senso: Muitas vezes uma blusa, jaqueta e jeans são mais do que suficiente para passar o dia.

Quais os passeios que não posso perder?

Passeios em Gramado: Tour Raízes Coloniais é um passeio fantástico que fará você voltar no tempo.
Passeios em Gramado: Tour Raízes Coloniais é um passeio fantástico que fará você voltar no tempo.

Esta é uma questão muito pessoal, mas considerando que as dicas são direcionadas aos turistas cariocas e nordestinos, acho interessante indicar alguns parques e passeios mais regionais, que os aproximem da cultura local. Assim, segue abaixo uma lista de alguns passeios que considero imperdíveis:

Tour Rural Linha Bella

Uma viagem no tempo ao interior de Gramado, onde os visitantes terão a oportunidade de conhecer a história dos colonos italianos e alemães, visitar casas centenárias e experimentar a cozinha artesanal com queijos, pães e salames feitos na própria região.
» Para mais informações, clique aqui.

Tour Uva e Vinho com Passeio de Maria Fumaça

Outra jornada histórica, onde você conhecerá mais sobre a herança dos imigrantes italianos, conhecendo a fabricação de vinhos no Vale dos Vinhedos e passeando em uma histórica Maria Fumaça, que percorre algumas cidades da Serra Gaúcha, entre elas Garibaldi e Bento Gonçalves.
» Para mais informações, clique aqui.

Conheça a Alemanha em Nova Petrópolis

Se quiser desbravar sozinho uma típica cidade alemã, recomendo vivamente conhecer Nova Petrópolis. O trajeto saindo de Gramado leva de 30 a 40 minutos. Verifique na rodoviária de Gramado se há ônibus disponível, caso contrário você pode alugar um carro, ou então comprar o pacote de passeio completo com alguma agência local.
» Para mais informações, clique aqui.

Mini Mundo

Impressionante parque com réplicas em miniaturas de diversas construções do Brasil e do mundo.
Site: www.minimundo.com.br
Onde: Rua Horácio Cardoso, 291, Bairro Planalto – Gramado/RS
Horário: Todos os dias das 10h às 17h
Tel.: (54) 3286-4055

Le Jardin – Parque de Lavandas

A beleza do lugar é impressionante, chega a doer o coração de tão lindo. Perca-se em meio à exuberância e transporte-se aos campos de lavanda da França.
Site: www.lavandas.com.br
Onde: Rodovia RS-115, n° 37700 – Gramado/RS
Horário: De terça a domingo, das 09h30 às 17h30 (fechado às segundas-feiras)
Ingresso: Entrada gratuita
Tel.: (54) 3286-4280

Quais restaurantes devo conhecer?

Café Colonial Bela Vista: Como a foto mostra, você deve ir preparado.
Café Colonial Bela Vista: Como a foto mostra, você deve ir preparado.

Mais uma vez, estamos falando de um turismo voltado a pessoas acostumadas com calor e sol, onde peixe, frutos do mar e cerveja gelada costumam ser o habitual. Então vamos trocar isso por bons churrascos, fondues e doces inesquecíveis, para curtir melhor o friozinho da Serra. Abaixo, algumas sugestões de pacotes gastronômicos e restaurantes individuais:

Noite Alemã

Em Nova Petrópolis, um jantar com o melhor da culinária alemã. Você vai experimentar um vasto Buffet com as mais famosas iguarias, acompanhadas de um café colonial completo. Para coroar a noite, um show de música e dança típica alemã.
» Para mais informações, clique aqui.

Noite Gaúcha

Jantar realizado na Churrascaria Garfo e Bombacha, famosa pela qualidade do churrasco e pela beleza do ambiente, cuja rusticidade remete à autêntica tradição gaúcha. Após o jantar, assistirá um espetáculo de dança com um dos melhores grupos folclóricos do Rio Grande do Sul.
» Para mais informações, clique aqui.

Noite Suíça

Um jantar romântico uma sequência de fondue, com queijos selecionados, carnes nobres e para finalizar uma inesquecível fondue de chocolate, podendo escolher duas opções entre chocolate branco, chocolate ao leite e o delicioso chocolate trufado.
» Para mais informações, clique aqui.

Café Colonial Bela Vista

O primeiro e mais tradicional do Brasil. A variedade de pratos que servem à mesa é assustadora e os garçons vão repondo até você não aguentar mais. Se for a sua primeira vez em Gramado, ir a um café colonial é obrigatório.
Site: www.belavista.tur.br
Onde: Av. das Hortênsias, 3500 – Estrada Gramado-Canela – Gramado/RS
Horário: Seg. a sex das 11h às 23h | Sab., Dom e Feriados das 10h às 23h
Tel.: (54) 3286-2097

Castelinho Caracol

Para mim, um dos lugares mais encantadores da Serra Gaúcha! Além de servirem o melhor strudel que já provei, em um ambiente que faz voltar no tempo.
Site: www.castelinhocaracol.com.br
Onde: Estrada do Caracol, Km 03, S/Nº – Canela/RS
Horário: Aberto dos os dias das 9h às 13h e das 14h20 às 17h40

Per Voi

Um restaurante italiano que oferece sequência de massas e galetos divinos, fazendo os mais poderoso regimes serem simplesmente esquecidos.
Site: www.pervoigramado.com.br
Av. das Hortênsias, 1511 – Centro – Gramado
Telefone: (54) 3286-0803




A receptividade e diferenças culturais de Gramado

Entenda mais sobre a receptividade e as diferenças culturais de Gramado
Entenda mais sobre a receptividade e as diferenças culturais de Gramado

Acho interessante tocar um pouco neste assunto. Gramado e Canela são cidades turísticas que oferecem aos seus visitantes um nível de receptividade impressionante. Mesmo quem chega lá pela primeira vez é tratado como um velho conhecido. Há todo um carinho, sorrisos no rosto e solicitude sinceros – e não porque estão sendo pagos para isso ou algo assim. É uma hospitalidade difícil de se encontrar.

Mas, ainda assim, alguns visitantes mais extrovertidos, falantes e brincalhões – como os animados cariocas, por exemplo – podem sentir os gramadenses um tanto reservados ou introvertidos. Isso é absolutamente normal. Mesmo com toda a sua receptividade, os habitantes de Gramado e de outras cidades da serra herdaram costumes e cultura da Europa. Assim, é difícil ouvir alguém falando alto, fazendo bagunça ou coisa semelhante. Não que não exista, mas no geral tudo caminha sem pressa e sem ruído.

Este comportamento é algo que admiro e procuro imitar quando estou perambulando por lá (em Roma, como os romanos). Meu conselho para quem quer realmente aproveitar a região é deixar para trás temporariamente sua própria bagagem cultural e costumes e tentar, se possível, absorver a cidade como um habitante e não um turista.

Uma amiga relatou certa vez que, jantando com um casal que conhecera no hotel, a mulher disse que tinha odiado Gramado porque tudo lá era “muito certinho, limpo e que não tinha ouvido funk ou forró uma única vez”. Então, é contra esse tipo de ‘surpresa’ que pretendo preveni-lo.

No mais, espero que estas dicas contribuam para planejar sua viagem e que sua estadia por lá seja inesquecível. Na volta, envie seu relato para nós e ele será publicado aqui no blog!

Classifique este post:

Veja mais dicas de Gramado:

Comente pelo Facebook

comentarios

Seguir Emilio Calil:

Jornalista, escritor e designer. Fundador do LifeBreak, apaixonado por tecnologia e pela Serra Gaúcha. Apreciador de boa gastronomia, bons vinhos e boa conversa. O resto você descobre aqui: www.emiliocalil.com

5 Respostas

  1. Monique
    | Responder

    Vou a Gramado em Setembro com criança, gostaria de saber se essa época faz muito frio e se vale a pena fica em hotel apenas com ar condicionado pra aquecer.

  2. joyce
    | Responder

    OLA ,VOU A GRAMADO NO DIA 10/10/15 E GOSTARIA DE SABER QUE TIPO DE ROUPA DEVO LEVAR.OBRIGADA

  3. jorge filipe gonzaga de souza
    | Responder

    em gramado na primavera precisaria desse look todo ?

  4. daniela argolo
    | Responder

    vou em gramado agora em maio, daqui a uma semana…estou ansiosa para conhecer essa cidade que muitos falam bem. pelo que pude vê, faz frio, mas não preciso exagerar nas roupas, até porque o inverno faz mais frio e ainda estamos no outono. mas claro que vou previnida rsrsrs…gostei das dicas.

  5. Patricia
    | Responder

    Pretendo ir para Gramado em março, como é o clima nesse mês? chove muito?

Deixe uma resposta