» » » Celebrando um último natal em família

Celebrando um último natal em família

postado em: Leitores | 0
Celebrando um último natal em família (por Viviane Carmo Marques)
Celebrando um último natal em família (por Viviane Carmo Marques)


E tudo começa assim… tudo que Deus faz é bom, mesmo que a gente não entenda, tudo que Deus faz é verdadeiramente bom…

Natal de 2012, mesmo sem saber, seria o meu último natal em família. Minha mãe sempre foi um exemplo para mim. Apesar de tantas lutas, com o abandono de lar pelo meu pai, diversidades mil durante a minha infância, sempre tive um exemplo de mulher guerreira que batalhou e fez tudo de melhor para minha criação e das minhas duas irmãs.

Estas duas, gêmeas, haviam planejado de se casarem no ano seguinte, então era sabido que as nossas comemorações haveriam de se tornar diferente, porém eu não imaginava que poderiam ser tão distintas assim.

Trabalho na área de saúde, por escala de serviço, plantão noturno e antecipadamente, já estava sabendo que não poderia, infelizmente, participar daquela noite de natal inesquecível, mas tinha a certeza que outras ainda viriam e por isto estava conformada com a situação, já que seria quase impossível, realizar uma troca por outro dia (estes dias são muito concorridos). Porém, mais uma vez, a história, não muito feliz, modifica-se.

No dia 20/12/2012, envolvo-me em acidente de carro, voltando de uma aula de faculdade, nas proximidades da minha casa. Um acidente grave. Perco o meu carro, fico com algumas escoriações, mas apesar do susto e após alguns exames e avaliações, pela graça de Deus, constata-se que não havia tido nenhuma grave lesão. Com tudo isto, precisaria somente ficar em observação, em repouso em casa por alguns dias. Recebi uma dispensa médica inicial de três dias e após o período, o médico achou necessário, prorrogá-la por mais três.

Por causa das dispensas, fico ausente do meu trabalho por seis dias e neste meio de dias, o que me aguardava: Um lindo, último e inesquecível natal em família. Minha mãe estava se recuperando também de uma cirurgia de colecistectomia (retirada da vesícula), realizada em novembro e estava com algumas restrições alimentares. Toda a ceia foi preparada detalhadamente por minhas irmãs. Então, depois de tantos sustos, para mim que parecia impossível para aquele ano, vivemos eu, minha linda mãe e minhas irmãs, naquela noite do dia 24/12/2012, a mais linda, mais carinhosa, mais emocionante, uma última e inesquecível celebração de natal em família. Última sim, mesmo sem sabermos, pois, no dia 10/05/2013, véspera do dia das mães, estávamos assim, nos despedindo da nossa querida e saudosa MÃE.

Texto enviado pela leitora Viviane Carmo Marques

Veja mais dicas de Gramado:

Comente pelo Facebook

comentarios

Seguir Emilio Calil:

Jornalista, escritor e designer. Fundador do LifeBreak, apaixonado por tecnologia e pela Serra Gaúcha. Apreciador de boa gastronomia, bons vinhos e boa conversa. O resto você descobre aqui: www.emiliocalil.com

Deixe uma resposta